» quinto

No Tittle

Num dia é o aniversário da minha avó materna.
São sopradas 93 velas.
A minha outra avó, mãe do meu pai, morre no dia seguinte.
Faltou um mês para completar 91 anos.

Aquela que é a geração mais antiga da minha família está a desaparecer.
E aos poucos, sente-se um vazio…
Como quando uma flor jaz numa campa de pedra fria e tudo ao redor nada mais é que silêncio.


imagem [aqui]

Anúncios

2 responses to “» quinto

  1. É algo que receio. Não têm estado presente nos últimos anos mas a cada dia que passa sinto que posso estar perto de um momento assim. Tenho medo por ela e por mim.

    Um beijo e um abraço forte!

  2. Eu não me permito pensar muito nisso no dia a dia mas depois acontecem uns rasgos de lucidez e tudo cai ao mesmo tempo.
    É complicado mas olha, é a vida (a frase “é a vida!” é do que mais tenho ouvido nestes últimos dias).

    Obrigado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s