» quadragésimo primeiro



A hora rondava as 17.
Nos jardins de Belém, em Lisboa, circulava-se por entre os numerosos turistas característicos da altura e da zona. Os pastéis de Belém continuam a ter o seu encanto e até aqui, tudo muito bem.
Mas (e há sempre um “mas” nestas histórias) nem só de pão vive o homem e há quem aproveite para juntar o útil ao agradável. Elas que o digam!
Dêem agora uma vista de olhos à fotografia de cima. Com alguma atenção (também não é preciso um QI acima da média para lá chegar), percorram toda a imagem com os vossos olhos. Se sentirem alguma dificuldade, ampliem-na, usem uma lupa, vão buscar os óculos “fundo de garrafa” dos vossos avós…

É caricato não é?


Para aqueles que num acto de desespero pediram a ajuda do público mas que, ainda assim, de nada lhes adiantou, disponibilizo a solução já a seguir…

Boneco insuflável debaixo do braço de uma mulher


fotos minhas 
Agosto 2011 


Anúncios

6 responses to “» quadragésimo primeiro

  1. Bro, tas a usar óculos e eu não fiquei sabendo?

    Podias criar uma empresa organizadora de despedidas de solteiro(a) nos pasteis de Belém com boneco(a) insuflavel incluído(a) no pacote. Ia ser o auge!

  2. gostei da ideia. gostei mesmo.
    nao tarda nada seremos ricos!!!

    quanto aos óculos… é possível que eu tenha jurado falsamente, numa de me armar em chico esperto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s