» sexagésimo sexto

Aquele tempo já não lhe cabe. Tornou-se desconforme nos últimos dias, e meses.
Ouviu-os conspirar ao seu lado, enquanto tentava disfarçar a acelerada corrida do seu sangue. O coração bombeava, sôfrego.
Percebeu que faziam perguntas a seu respeito. Fixou um ponto no ecrã enquanto fantasiava formas de lhes tirar o ar, e a vida. Riu-se sozinho e foi apanhado.
Sentia já um catarro malicioso a entranhar-se-lhe. Cada vez mais entranhado.
A cabeça já não distingue realidades e o cansaço toma-o, pouco a pouco.

Deseja-lhes mal.

Anúncios

3 responses to “» sexagésimo sexto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s