» septuagésimo primeiro

Este senhor existe na realidade…

Gestora – Houve uma restruturação, blá blá, e passei a acompanhar clientes da Madeira.
Cliente – Mas eu não sou da Madeira!
Gestora – Não é da Madeira? Então o seu balcão não é no Campanário?
Cliente – Sim mas eu não sou de madeira, sou de carne e osso.

Anúncios

3 responses to “» septuagésimo primeiro

  1. há que dar o desconto…
    o gajo se calhar estava metido dentro de um buraco (coff coff) e não ouviu muito bem o que a gestora lhe disse…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s