» septuagésimo sexto


A Divina Comédia * O Inferno, de Dante

«Maior dor não pode haver que na miséria recordar felizes tempos.»


imagem [aqui]

Anúncios

7 responses to “» septuagésimo sexto

  1. bro,
    eu digo-te vezes sem conta para me contares de um tudo, e tu nada.
    e outra vez agora…

    pfffff…
    acho que te vou ignorar daqui prá frente!

  2. O meu umbigo é demasiado extenso e não me permite ir além do que o envolve!
    Pedirei à minha secretária de serviço, a mesma que me está a tratar dos postais de aniversário, que te direccione da melhor forma…
    Mas, depois, não vale a pena meter o dedo no ar e dizer que tem dói dói!

  3. sendo assim, pedirei ao meu secretário de serviço [que é todo bom e gostoso] que cancele todas os projectos que resultariam no único postaleco que haverias de receber.

    e depois não valerá a pena meteres o dedinho no ar a dizer que estás a zeros.

  4. Ingrato, invejoso e 3 vezes maléfico!
    Como ousas?
    Como te atreves a levantar-me o braço quando nem tens o sovaco com o pelo aparado?
    Anda um homem a tentar ser bom, puro, e tem que aparecer sempre uma ovelha negra, e tosquiada, a estragar o baile de finalistas! Irra, que eu devo ter jogado pedra na cruz que o Cristiano Ronaldo usa ao pescoço!

  5. fique você sabendo que todos os meus pelos são aparados… quando não rapados.

    vá… a da ovelha negra… eu sou a favor das ovelhas negra, por isso relevo a tua afronta.

    mas não perdes pela demora, coire!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s