» nonagésimo sétimo


Rita de Cássia e suas doenças de amor

Anúncios

19 responses to “» nonagésimo sétimo

  1. …em busca dos meus 15 minutos de fama! E depois, o meu umbigo vai ser o meu passaporte para o estrelado (com estrela no passeio da fama e tudo), ou pensas o quê?

  2. a minha casa já está infestada de formigas, se me vens cá trazer migalhas a situação piora consideravelmente, bro.

    é vê-las em careirinho, ninguém sabe de onde vêm nem para onde vão e, mais assustador ainda, ninguém sabe qual é a sua “hidden agenda”.

    que nervos…

  3. no formigueiro o tanas.
    a fazer formiguinhas sim, porque elas continuam a chegar.

    tu não imaginas o meu tormento.
    até me mordem durante a noite, as putas.

  4. bro, por quem sois.
    vou encher um frasquinho com umas quantas e envio-tas por correio.

    conta-me depois como foi a experiência, e quantos metros de tripa de saltaram para fora.

  5. Delicia!
    Vou pedir à minha vizinha do 3º esq. (a mesma que é vesga e surda) para me dar uma mãozinha. Já vais ter com que te entreter na noite de Natal, já que na TV nunca dá nada de jeito!!!

  6. Lá tá ele a querer chegar o rabo à seringa quando tem um medo de agulhas que se pela!
    Foi à tua conta que criaram o provérbio “pau que nasce torto, tarde ou nunca se endireita” não foi?

  7. não é para me gabar, mas acho que à minha conta já criaram bué de cenas… o colete de forças, por exemplo.

    e a cena de bloquear amigos no msn.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s